Contracs é representada por jovem comerciária no Fórum Internacional de Sindicalização – Fetrace
Dieese: com maior escolaridade, negros ganham um terço a menos que salário de brancos
novembro 20, 2017
Escola Sindical da CUT comemora 30 anos e aponta desafios
novembro 21, 2017

Contracs é representada por jovem comerciária no Fórum Internacional de Sindicalização

Evento foi promovido pela UNI Américas no Uruguai

Escrito por: Adriana Franco/Contracs

No dia 12 de novembro de 2017, em Montevidéu no Uruguai, teve início a realização da primeira Oficina Internacional de Sindicalização, promovida pelo Comitê de Jovens da UNI Américas que contou com a participação efetiva de jovens trabalhadores e sindicalizadores de oito países.

O evento, que faz parte da semana de atividades promovidas pela UNI Américas denominado de Fórum de Sindicalização, oportuniza aos jovens compartilharem suas experiências no dia-a-dia do mundo do trabalho, a falarem de suas dificuldades em seus respectivos ramos e discutirem formas de como enfrentá-las.

Também durante o fórum, os jovens falaram sobre a conjuntura atual, os desafios que vislumbram para enfrentar o retrocesso político imposto pelo capitalismo e apontam como prioridade organizar os jovens trabalhadores na base, motivando-os a fazerem parte do novo movimento sindical que vem surgindo.

Além disso, os jovens da UNI Américas realizaram uma campanha de sindicalização nas empresas de Montevidéu, onde todos os participantes se dividiram em pequenos grupos e saíram a conversar e sindicalizar trabalhadores e trabalhadoras.

A jovem comerciária da Paraíba, Werllen Mylthian Santana Lobo, representa a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços da CUT (Contracs/CUT) na atividade. A dirigente do Sindicato dos Empregados no Comércio de João Pessoa (Sinecom-JP) denunciou a situação brasileira após o golpe que destituiu a presidenta Dilma Rousseff e precarizou as condições de trabalho com a reforma trabalhista.Para Werllen Mylthian, o Fórum de sindicalização promovido pela UNI Américas foi uma oportunidade muitíssimo importante, que trouxe um aprendizado ímpar e que irá contribuir enormemente na construção de uma nova caminhada rumo a organização dos trabalhadores nas Américas.

Além do Fórum de Sindicalização, os jovens da UNI Américas participam da Jornada Continental pela democracia e contra o neoliberalismo, promovida pela Central Sindical dos Trabalhadores Uruguaios, que acontece nesta quinta-feira, dia 16 de novembro em Montevidéu.

Colaborou Eliezer Gomes

Os comentários estão encerrados.